O que são disfunções sexuais masculinas?

Ter um bom vibrador para ser o seu consolo sexual em momentos de solidão ou até para deixar a relação mais apimentada é uma escolha inteligente. Porém, nem todas as pessoas se lembram de que até os melhores vibradores podem ficar danificados se a sua higienização não for adequada 

Além disso, não manter o vibrador feminino muito bem limpo pode fazer com que a mulher desenvolva alguns problemas de saúde íntima, como infecções de urina, alergias, candidíase e muito mais.

Por todas essas coisas, é fundamental que o consolo feminino seja limpo sempre depois que utilizado e, quando ficar guardado por mais tempo, que ele também seja higienizado de maneira periódica.

Se você não sabe como limpar devidamente os seus vibradores femininos, descubra já!

Nada de água!

Algumas mulheres acham que, uma vez que o vibrador não é ligado na tomada, ele pode ser limpo com um pouco de água e isso é totalmente contraindicado!

Mesmo que se trate da parte externa do consolo, nunca se deve usar pano úmido para limpá-lo porque qualquer pouquinho de água que entrar no seu vibrador pode fazer com que ele pare de funcionar.

É importante lembrar que esse brinquedo erótico tem circuitos internos que são ativados pelo uso da pilha e que, se eles ficarem molhados, perderão a funcionalidade.

Por isso, toda a higienização do vibrador precisa ser feita com bastante cuidado para que ele continue com a sua vida útil e, ao mesmo tempo, possa ficar 100% livre de microorganismos.

O álcool 70% é a opção mais viável

Quando se fala de limpeza de vibrador, a maneira mais inteligente de fazer isso é usar um pouco de álcool 70%, que deve ser colocado em uma flanela limpa e aplicado depois no brinquedo sexual.

É recomendado evitar a limpeza de partes que tenham furinhos e nas junções das áreas do vibrador porque elas podem servir de entrada para o líquido. Indica-se que a flanela não esteja 100% embebida com o álcool e, preferencialmente, que ele não seja perfumado.

Penetração com o vibrador? A higiene deve ser ainda maior

Quem tem o hábito de usar o vibrador para a penetração tem de ser ainda mais cuidadoso quando se trata da sua higienização. Por isso, é importante que a área que é introduzida na região íntima seja limpa com ainda mais atenção e sempre com álcool 70% tradicional.

Normalmente, essa indicação é feita quando se trata de vibradores como o personal ou o Butterfly, mas não para o Bullet, que não é usado para penetração.

Cuidado com lubrificantes

Há certos vibradores que permitem o uso de lubrificantes e, quando é esse o caso, a higienização também tem de ser severa porque resquícios do produto podem acabar grudando no consolo.

Quando isso acontece, aumenta a possibilidade de uma infecção uterina, de uma reação alérgica ou de uma infecção de urina, além de odores desagradáveis no vibrador e comprometimento da sua funcionalidade. 

Desse modo, retirar todo o lubrificante é sempre fundamental.

Conheça melhor esse assunto lendo nosso blog.

Deixe um comentário